Artigo

Palestra: Uso de Novas Tecnologias e metodologias no Ensino de Ciências

25 de Fevereiro de 2017 às 17:39

Nos últimos anos, o desenvolvimento tecnológico tem facilitado, de várias maneiras, o nosso cotidiano. Sistemas computacionais estão presentes não apenas nas residências, mas em todos os lugares que circulamos, no controle do trânsito, nos supermercados, nas agências bancárias, nos aparelhos de telefonia celular, etc.. Ensinar Física no século XXI pode ser uma tarefa extraordinária, já que toda a tecnologia que nos rodeia está intimamente ligada com conceitos físicos essenciais para a compreensão dos mecanismos básicos de funcionamento de cada um destes sistemas. No entanto, muitos alunos apresentam grande dificuldade na compreensão dos fenômenos físicos. Entre as razões do insucesso na aprendizagem em Física são apontados métodos de ensino desajustados das teorias de aprendizagem mais recentes e a falta de meios pedagógicos modernos.
O uso de Tecnologias de Informação (TI) no ensino tem sido objeto de estudo em todas as áreas. Nos últimos anos os avanços no uso de TI foram extraordinários tendo em vista que os computadores se tornaram muito mais velozes e com maior capacidade de armazenamento e de representação somando-se a novas interfaces tais como luvas e capacetes de visualização que nos trouxeram a realidade virtual para sala de aula. Estamos diante de uma nova era, e a cada dia a forma de comunicação entre as pessoas é transformada. No entanto uma considerável parcela das nossas escolas parece ainda estar à margem deste processo. As salas de aula da grande maioria das escolas brasileiras ainda estão bem distantes deste universo e o ensino de Física ainda continua desconectado deste mundo tão fascinante que nos cerca.
Nesta palestra apresentaremos algumas possibilidades reais de inserção de novas tecnologias no ensino de uma Física mais conectada a vida dos nossos estudantes. Alguns exemplos de sistemas de baixo custo de automação e controle utilizando o micro-controlador Arduino serão apresentados, incluindo algumas aplicações em sala de aula tanto em nível médio quanto em nível superior. O uso da interface Scratch para programação com o Arduino (Scratch for Arduino) também será apresentada possibilitando o uso desta plataforma para o ensino de robótica para estudantes do Nível Fundamental.
Discussões acerca de um novo modelo de educação apoiado em práticas colaborativas serão também realizadas, tomando como base a metodologia de aprendizagem por projetos.
Esta e outras reflexões serão objeto de discussão nesta palestra confrontar o que ensinamos e como ensinamos com uma crescente necessidade de contemporaneidade na relação ensino-aprendizagem não apenas da Física, mas de todas as áreas de conhecimento.